8 dicas para combater a baixa auto estima hoje!

A autoestima é um sentimento que envolve bons níveis de amor-próprio. Por outro lado, não raro encontramos mulheres que sofrem ou já sofreram com o oposto, ou seja, com a baixa autoestima. Os motivos que provocam essa situação são os mais diversos possíveis: incertezas, inseguranças, timidez, deslocamento nas situações sociais e as cobranças da sociedade, muito mais pesadas para o sexo feminino.

A seguir, veja 8 dicas para você entender e aprender a combater a baixa autoestima em sua vida. Confira!

1. Liberte-se das relações tóxicas

As relações tem um peso muito grande na autoestima das pessoas. Por consequência, qualquer relacionamento tóxico provoca na vítima altos níveis de estresse e ansiedade. Para saber se você está em uma relação tóxica observe esses dois pontos:

  1. A pessoa apenas aponta seus defeitos, nunca elogia ou ressalta suas qualidades.
  2. É sempre o outro quem está em primeiro lugar, nunca você. Ou seja, seus planos e objetivos sempre ficam ofuscados e acabam nunca sendo concretizados.

É importante se livrar de situação como as descritas. Quando alguém vive uma relação tóxica, ela fica presa em um círculo vicioso onde a negatividade e a opressão são as únicas coisas que existem. Procure ter a sua volta pessoas que acrescentem à sua vida, que ajudem a resolver problemas e que saibam te dar valor e respeito. E o mais importante: diga ‘não’ com convicção quando for o caso.

2. Analise seus próprios sentimentos

Para combatermos a baixa autoestima, precisamos compreender o que a está provocando. Procure sempre avaliar quais são as situações que a deixam insegura. Ao fazer isso, será possível analisar quais as providencias que podem ser tomadas em relação a ela.

Por exemplo, se o seu círculo de amizades está te colocando pra baixo ou a magoando, talvez seja melhor pensar em procurar se afastar e encontrar outras fontes de apoio social.

Dica: Tente criar um diário para anotar todas aquelas situações que estão afetando negativamente seu estado emocional. Não importa se escreverá sobre suas emoções todos os dias ou uma vez na semana. O importante é criar esse hábito, assim será mais fácil para você conseguir visualizar aquelas situações que precisam ser evitadas.

3. Faça atividades físicas

Praticar atividades físicas faz bem para o corpo e para a mente. Caminhe um pouco, ande de bicicleta ou vá para academia. Além de melhorar seu condicionamento físico, isso ajuda a diminuir os níveis de estresse e ansiedade. E quem sabe, essa também não seja uma ótima oportunidade para criar novos círculos de amizades!

4. Mantenha-se em movimento

Cultivar a autoestima em sua vida é um processo diário e intimamente relacionado com o fato de você se manter em constante movimento. Isto é, sempre produtiva. Aliás, não tenha medo de fazer o que gosta.

Sair da zona de conforto é fundamental para que possamos reinventar nossa vida e criar uma nova realidade. É essencial que você sempre faça as coisas acreditando mais em si mesma. Com isso, será muito mais fácil identificar quais são seus medos e como combatê-los. O resultado é uma autoestima mais forte. Sempre que tiver dúvidas ou medo de tentar coisas novas, pense que tudo isso se resume a uma única coisa: novas possibilidades.

5. Conheça a si mesma

Talvez, esse seja um dos pontos de nossas vidas que mais deixamos de lado. Trabalhar com perseverança para conhecer mais sobre nós mesmas precisa ser tão presente em nossas vidas quanto a necessidade de nos alimentarmos.

Um jeito bem simples de começar a entender quem é você e o que você faz com excelência é partir para anotações. Por exemplo, todos os dias, anote uma coisa positiva sobre você mesma, algo em que você é ótima ou ainda, suas realizações e coisas que você admira em si própria.

Faça isso e procure reler sempre que possível, especialmente quando se sentir um pouco para baixo. Essa lista servirá para lembrá-la que você sabe fazer as coisas, que é alguém especial e que consegue ser bem-sucedida quando quer.

6. Cuide de você mesma

Pouco atrás falamos sobre atividades físicas. Aqui, vamos um pouco mais fundo. Perceba que para cuidar de sua baixa autoestima você precisa ser e se sentir saudável. Dormir bem, comer bem e fazer exercícios é apenas uma parte. A outra, diz respeito a passar mais tempo com você mesma.

Procure reservar um tempo em sua rotina para fazer algo sozinha: ir ao cinema, ler um livro ou visitar uma mostra de arte. Faça algo com você e para você, não algo que a obrigaram a fazer ou que funcionaria para outros, mas não no seu caso. Gosta de fotografia? Arrume uma máquina e saia para um lugar de que goste!

7. Fuja de situações negativas

Quando aprendemos mais sobre nós conseguimos identificar mais facilmente aquelas situações que nos prejudicam, que abalam nossa autoconfiança. O ponto chave é saber evitá-las. É preciso ser firme nas suas resoluções.

Coloque limites e deixe as pessoas que ‘sugam’ de você de lado. Se for defender seu ponto de vista, seja firme e honesta com suas convicções. Confie mais em si mesma e ao menor sinal de toxicidade, se afaste!

8. Busque por novos conhecimentos

Se existe uma certeza na vida é que ela está sempre em movimento. Sendo assim, não haveria nenhum motivo racional para você se manter estagnada. A busca por novos conhecimentos permitirá que você enxergue um mundo muito maior do aquele ao qual estava acostumada.

Aliás, buscar por novos aprendizados pode ser algo simples. Por exemplo, aprender inglês, fazer comida francesa, costurar, entender sobre economia. Pense consigo mesma o que você desejaria saber e se dedique a aprender tal coisa. Em pouco tempo você perceberá que seus horizontes estarão cada vez maiores.

Como é possível perceber, são com pequenas atitudes que começamos a promover mudanças significativas em nossas vidas. Tenha consigo que é possível sim mudar o atual quadro de sua vida e promover sempre uma autoestima cada vez maior.

Então, gostou de nossas dicas para combater a baixa autoestima? Aproveite para curtir minha página no Facebook e acompanhar em primeira mão muitas outras orientações para transformar sua vida!

Quer receber os novos conteúdos direto em seu email?

Regina Teodoro

Regina Teodoro

Olá, sou a Regina Teodoro! Eu ajudo pessoas a descobrirem o seu potencial, eliminando bloqueios e impedimentos através do autoconhecimento.

Website: http://reginateodorocoach.com.br

3 Comentários

  1. Pingback: Análise comportamental: Tudo o que precisa saber! - Blog Regina Teodoro Coach

  2. Pingback: Perfil comportamental: Como ele afeta o seu dia a dia - Blog Regina Teodoro Coach

  3. Pingback: Como deixar de ser insegura? Veja essas dicas! - Blog Regina Teodoro Coach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *